Search
  • atendimento27626

Motivos para marcar sua consulta com um cardiologista

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças cardiovasculares representam a principal causa de morte no mundo. Aproximadamente 7,4 milhões de pessoas morrem devido às complicações decorrentes das patologias do coração.


Somente esse cenário já justificaria a importância de se consultar um cardiologista, entretanto, existem vários outros motivos para você visitar um profissional que cuida do coração. Confira!

Prevenção e tratamento


O cardiologista atua na prevenção e no tratamento do seu paciente em relação às doenças cardiovasculares. Dessa forma, esse médico pode auxiliar um paciente que não seja diagnosticado com nenhuma dessas patologias a se prevenir, e, caso a pessoa seja diagnosticada, oferece o tratamento, realizando o acompanhamento do paciente com o objetivo de evitar que a doença se agrave.


Realizar consultas de rotina com o cardiologista frequentemente é muito importante pois algumas patologias, tais como diabetes e hipertensão, são silenciosas, ou seja, em vários casos não apresentam sintomas, e, quando se manifestam, já estão em estado mais grave. O cardiologista consegue identificar essas doenças e auxilia um tratamento precoce, impedindo que se agravem.


Fatores psicológicos


Distúrbios psicológicos como estresse, ansiedade e depressão representam fatores de risco para as doenças do coração. A ansiedade, por exemplo, pode ter forte influência para a ocorrência de um infarto.


Dessa forma, é indicado que pessoas que sofram com algum dessas patologias, principalmente a ansiedade, façam uma consulta ao cardiologista para verificar se está tudo bem com o coração.


Quero começar a praticar atividades físicas


As atividades físicas são muito saudáveis para qualquer idade, e a prática, aliada a uma boa alimentação, representam as principais maneiras de prevenção às doenças cardiovasculares.


Antes de começar a praticar atividades físicas, entretanto, seja qual for a sua idade, é muito importante consultar um cardiologista. Dessa forma, ele poderá verificar se existe algum problema no coração que possa dificultar a prática de exercícios e até mesmo recomendar as melhores maneiras de manter uma prática correta.


Doenças preexistentes


É essencial que indivíduos que sofram com patologias crônicas, como diabetes, hipertensão e obesidade consultem o cardiologista frequentemente. Isso porque esses problemas representam graves fatores de risco para o surgimento de doenças cardiovasculares, e a situação do paciente deve ser monitorada.


Sinais que merecem atenção


Alguns sinais podem ser indicativos de doenças do coração, e, por isso, merecem toda a atenção. Por isso, se notar algum deles, é ideal marcar uma consultar com o cardiologista para que ele possa analisar a situação.


São eles: dores no peito; falta de ar ao praticar atividades físicas; cansaço em excesso e além do normal; desmaios frequentes; batimento cardíacos acelerados, descompassados ou palpitações; dores de cabeça frequentes e sem causa conhecida.


Quem possui histórico familiar


O histórico familiar também representa um fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e, por isso, se você tem ou conhece alguém da sua família que possui doença coronariana, hipertensão, diabetes, ou sofreu infarto, as consultas com o cardiologista com regularidade são recomendadas, nesses casos, para homens a partir dos 30 anos e mulheres a partir dos 40 anos.


Além disso, é importante lembrar que, a partir dos 55 anos, independente da existência de histórico familiar, é importante realizar consultas regulares ao cardiologista, devido ao fato de o órgão sofrer mudanças de acordo com o avanço da idade, e, por isso, merece mais cuidado.


Fontes:

Amorsaúde

Boa Consulta

1 view0 comments

Recent Posts

See All