Search
  • atendimento27626

Dicas para controlar a pressão alta

A hipertensão arterial, popularmente conhecida como pressão alta, é uma patologia que faz com que a pressão do sangue esteja frequentemente alta. Uma pessoa pode ser considerada hipertensa quando a medição detectar nível igual ou superior a 14 por 9 mmHg. A hipertensão atinge muitas pessoas, e é uma doença silenciosa, podendo manifestar sintomas quando já está em estado avançado.


As consequências dessa doença são negativas para diversas órgãos do corpo, podendo causar prejuízos ao funcionamento dos rins, cérebro, além de levar a ocorrência de problemas cardiológicos, assim como infarto e AVC.


Dessa maneira, para as pessoas que sofram com a hipertensão, é essencial saberem como controlar os níveis de pressão. Conheça algumas dicas para se colocar em prática.

- Manter um peso adequado


O sobrepeso e a obesidade são fatores que estão relacionados à hipertensão arterial. No caso do sobrepeso, esse fator exige que o coração trabalhe mais para bombear o sangue por todo o corpo e, assim, fique sobrecarregado e mais propenso a sofrer lesões e até infarto.


Em relação à obesidade, principalmente devido à presença de gordura abdominal, contribui para a elevação dos níveis de insulina no sangue e para a retenção de sódio pelos rins, tudo isso causa o aumento da pressão arterial.


Dessa forma, umas das formas muito importante de prevenir a hipertensão arterial é mantendo o peso corporal equilibrado, aliando a prática de exercícios físicos e uma boa alimentação.


- Diminuir o consumo de sal


O sal é um alimento rico em sódio, substância que retém líquidos e também contribui para a hipertensão. A quantidade de sal recomendada para consumo é de 5 gramas diárias, entretanto, a média de consumo dos brasileiros é o dobro do recomendado.


Uma ideia para diminuir o consumo de sal no dia a dia é adotando outras alternativas naturais para temperar a comida, como, por exemplo, alho, manjericão, salsinha, cebolinha, entre outros. Além disso, é muito importante reduzir ou evitar a ingestão de alimentos industrializados, como congelados, salgadinhos de pacote, enlatados, temperos prontos, etc.


- Prática de exercícios físicos


As atividades físicas são altamente recomendadas pois fazem para o corpo e para a mente, ou seja, contribuem para a saúde em geral. Além disso, elas ajudam no combate à obesidade e ao sobrepeso e, consequentemente, à hipertensão. Por isso, uma ótima idade para sua rotina é praticar exercícios físicos regularmente. O ideal é fazer caminhadas de pelo menos 30 minutos diariamente ou pelo menos 4 vezes por semana.


Para os hipertensos, as atividades indicadas são, além da caminhada, andar de bicicleta, natação e corrida.


- Evitar o estresse


É normal que, no dia a dia, aconteçam algumas situações de estresse. Mas saiba que, lidar com o estresse frequente faz muito mal à sua saúde, e também contribui para o desenvolvimento de hipertensão.


Isso porque o estresse, principalmente aliado à ansiedade, estimulam a produção de hormônios no corpo como a adrenalina e o cortisol, que causa o aumente da pressão arterial, uma vez que aceleram o coração e geram a contrição dos vasos sanguíneos.


Combater o estresse é muito importante para sua saúde cardiovaculares, física e mental. Você pode adotar práticas como a meditação e até o ioga, e também consultar um psicólogo que pode te auxiliar.


Fontes:

Medprev

Pfizer

0 views0 comments

Recent Posts

See All